Close
ID Fashion: tudo é intuitivo e natural na moda de Cris Guerra

ID Fashion: tudo é intuitivo e natural na moda de Cris Guerra

Cris Guerra é pioneira quando o assunto é blog no Brasil. Em 2007 ela já tinha dois domínios registrados no mundo digital: Para Francisco, no qual escrevia cartas para seu filho, contando sobre o pai que faleceu durante o sétimo mês da gestação e o Hoje eu vou assim, usado para postar fotos dela exibindo suas roupas nada convencionais (sim, ela também é pioneira no look do dia). E com seu segundo blog a publicitária se consagrou no mundo moda.

“Um dia eu cheguei na agência que trabalhava com uma roupa incrivelmente feia: um vestido por cima de uma camisa. Eram proporções desastrosas, mas eu estava achando a invenção da roda. Aí eu pedi para alguém tirar uma foto e publiquei no blog “Hoje vou assim”. Eu não queria um blog de moda, eu queria algo que fosse uma manifestação artística e quando me dei conta, criei o primeiro blog de look do dia no Brasil”, conta Cris.

A partir de então foi só sucesso. Cris começou a fazer linguagem com seu blog, publicando suas combinações e até mesmo inspirando e empoderando outras mulheres por meio da roupa. De toda essa comunicação, surgiu o livro “Moda Intuitiva” e ela se tornou autônoma e empreendedora. Durante sua palestra no ID Fashion 2018, Cris revelou algumas confidências levantadas com tudo aprendido sobre moda ao longo de sua vida:

Sentada no divã
Para Cris, roupas são terapia. Sua experiência sensorial com vestuário ao longo dos anos a ensinou a usá-las para melhorar o humor. Um exemplo: quando ela está cansada, aposta em um vestido longo e fluído, pois é como se ele estivesse fazendo carinho em sua perna, contrabalançando seu estado de espírito.

De repente 48
Com 48 anos, Cris não olha para sua idade assustada. Para ela, a moda fica cada vez mais a nosso favor conforme passam os anos, um exemplo é a idosa mais famosa da moda: Iris Apfel. “Ela é um gesto de como a moda colore a alma. É tão lindo como ela vai ficando cada vez mais bonita, como se a sabedoria dela fosse para roupa”.

Eu os declaro roupa e corpo
Segundo Cris, nós mantemos relações diferentes com cada peça em nosso guarda-roupas. Há o amor de carnaval, geralmente com aquele item comprado na promoção, há um casamento com uma peça-chave, coringa e usada no dia a dia. Existem os divórcios também, quando nos livramos de alguns itens. E ela alerta: cada vez mais devemos caminhar para o casamento, ainda pensando em consumo consciente.

De dentro para fora
O fato de nos vestirmos de dentro para fora é defendido por Cris. Desta forma, nossa roupa flui para os outros quem somos, emanando nossa essência para todos que cruzam nosso caminho. Impossível não lembrar da famosa cena de ‘O Diabo Veste Prada’, no qual a personagem de Meryl Streep diz sem bondade o que as peças de Andy falam sobre ela.

Era uma vez, em um cabide muito distante..
Nosso guarda-roupa conta nossa história. Ninguém nasce e morre com o mesmo estilo e quando olhamos para todas as peças usadas ao longo da vida, elas narram nossa trajetória, relembrando algumas fases, preferências e momentos.

De novo, again, mais uma vez
É crucial pensarmos em questões de sustentabilidade na era atual. E a moda entra nisso também, quando paramos de gerar lixo com nossas roupas. Então a Cris adverte: repita roupas! E a técnica secreta dela é: repetir roupas, mas não looks. “Até colocar vestido dentro de calça eu já fiz”, ela brinca ao exemplificar sua técnica.

Ao vivo e a cores (na natureza)
Cores dão vida ao look e podem salvar um visual. Mas como acertar na paleta de cores certa? Simples: olhe a natureza. “Tudo na natureza é harmônico e não tem segredo. A gente não erra paleta assim”, explica Cris.

O melhor dos sete mundos
Especialistas em moda definem a existência de apenas sete tipos de estilo: esportivo, clássico, moderno, criativo, romântico, elegante e sexy. Mas para a autora, temos todos esses estilos dentro de nós, adaptáveis a cada momento vivido.

De frente com você
“Quando você aprende a conhecer seu corpo e sua forma de ser, você tem uma forma de entender sobre você que ninguém supera”, declara Cris Guerra. Ela afirma: ninguém é capaz de conhecer mais seu corpo, a não ser você mesmo. Sendo assim, lembre-se que você é seu maior personal stylist.

1 comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close