Close
O segredo de Rihanna para rivalizar com a Victoria’s Secret

O segredo de Rihanna para rivalizar com a Victoria’s Secret

A semana de moda de Nova York recebeu o lançamento da linha de lingerie Savage X Fenty da Rihanna no último dia 13/09. O desfile aconteceu no Brooklyn Navy Yard, com um jardim simulando o Éden. Seu ponto alto foi a celebração com modelos de todos os tamanhos, formas e origens. Teve muita mulher negra, com estrias, tatuadas e grávidas. Mulheres reais, sem tabus e confortáveis com seus corpos.

Em entrevista à Elle, Riri contou que queria no palco mulheres com as mais diversas energias, raças, culturas, tipos de corpo e estágios de feminilidade. Mesmo falando de um assunto tão impactante, o desfile passou longe de ser sério ou sombrio. As modelos dançavam, praticavam ioga, saltavam e demonstravam completa alegria a autoaceitação, levando também a multidão à loucura.

A chuva de diversidade não aconteceu só no desfile. O tapete vermelho do evento deu o maior espaço para artistas negros como Donald Glover, dono do hit This is America, o rapper ASAP Rocky e a cantora e atriz Teyana Taylor.

Rihanna entrou no cenário fashion como entrou no cenário de beleza: quebrando padrões e preenchendo lacunas. Com sua linha Fenty Beauty, ela disponibilizou maquiagem para 40 tons de pele, valorizando da albina à negra, com produtos para orientais à latinas. A palavra inclusão cerca a cantora que se atreveu a ser também empreendedora. E a crítica tem aplaudido de pé suas performances. Rihanna chega na moda como subversiva, destruindo uma indústria apegada a definições antiquadas de beleza.

O de cima desce e o de baixo sobe

E a Victoria’s Secret começa a perder seu espaço de mercado neste cenário. Em 2013 o site Business Insider, referência em pesquisa sobre como os clientes se sentem sobre as marcas, revelou que a percepção das mulheres sobre a Victoria’s Secret tem caído cada vez mais. Especialmente de mulheres com idade entre 18 e 49 anos. Elas sentem que a marca não dialoga com elas com base no que vêem e ouvem da VS.

O desfile da marca, exibido mundialmente, com as maiores personalidades da música cantando enquanto grandes nomes desfilam suas roupas íntimas ainda é um evento marcante na moda. Mas não abraça a diversidade de corpos e tem visto o reflexo disso vindo de todos os lados: na sua última exibição a audiência do desfile caiu 30% segundo o YouGov, empresa do Reino Unido líder em pesquisas. Seu poder de mercado também tem caído: as vendas anuais diminuíram 1% e as ações da empresa que controla a Pink, divisão da VS para adolescentes, não crescem e se mantém mínimas desde 2011.

Rihanna aparentemente não tem uma visão futurista só por matar homens nos clipes. A cantora também soube olhar para uma fatia de mercado da moda que faltava: a de lingeries para todos os corpos, com mensagens positivas e peças bonitas. E o melhor: acessíveis pelo menos para o padrão de vida americano. No site da marca os sutiãs são encontrados por U$ 30 dólares e as cuecas por U$ 19 dólares.

Por que a linha de Rihanna é vista como um afronte à Victoria’s Secret?

Em 2015 Rihanna era uma das atrações do grande show da Victoria’s Secret. Quando algumas das poucas modelos negras foram retiradas do desfile, Rihanna anunciou sua ausência no evento. Um caso em especial chamou a atenção: a retirada da modelo Jourdan Dunn, amiga de Rihanna, para entrada de Kendall Jenner, no tempo em início de carreira.

Jourdan escandalizou nas redes sociais xingando a VS e dizendo que se sentia melhor por não participar já que a amiga cantora também não iria. Na época, Rihanna atribuiu a saída da apresentação para se dedicar ao lançamento de seu álbum Anti, mas logo em seguida começou a trabalhar na sua linha de maquiagens e de lingeries. Para fãs e boa parte da internet, Rihanna ensinou da melhor maneira para Victoria’s Secret como se faz um moda para todos os corpos e peles: indo lá e fazendo.

Assista o desfile completo da coleção Savage X Fenty:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close