Close
Tentar

Tentar

“Não deixa a peteca cair, você consegue”
“Não larga os bets”
“Não entrega o jogo, não agora”
“Não larga mão, só mais um pouco”
“Não dorme no ponto”

Até quando é só mais um pouco?
Não tenho tantos braços.
E estou morrendo de sono.

“Aguenta o tranco, não é tão difícil”
“Aguenta firme”
“Segura a barra”
“Segue em frente”
“Engole o choro”

E se não der?
E se eu pisar na bola?
Se eu pisar em falso?8
Enfiar o pé na jaca?
E se eu tiver mais pés esquerdos
Do que tenho mãos pra me segurar?

“Atura ou surta”
Mas eu tento
e tento
e tento não
Surtar.
Surtei.
Não deu.

Derrubei as petecas,
E ninguém as pegou
do chão.
Apenas me avisaram
Que estavam lá.

Dormi e sonhei no ponto,
Larguei mão, alma e corpo.
Não aguentei firme
E me afoguei em choro.

Mas quer saber?
Pouco importa,
Não tem problema.
Tento de novo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close